Residência Geraldo Baptista – Arq. Olavo Redig

Vista Lateral da Residência.

Vista Lateral da Residência.

A residência realizada para Geraldo Baptista foi projetada pelo Arquiteto Olavo Redig Campos no início dos anos 50, no bairro de Mangalarga. É um projeto que se desdobra de maneira linear ao longo de um grande terreno inclinado, disposta em dois níveis, com ampla utilização de materiais oriundos da própria região, como madeira, que aparece em esquadrias, pisos e forros, e pedras, utilizada como revestimento e algumas paredes e com piso em diversas partes da casa.

No primeiro pavimento encontramos a área social da residência, com uma ampla sala com piso revestido em tábua corrida, que se abre para a generosa  varanda, encimada pelo bloco íntimo. Está tem seu piso revestido em lajotas de pedra São Tomé, gerando o contraste com a pintura branca da residência e as esquadrias em madeira de portas e janelas pintadas a óleo, dando acesso a jardim da residência. Ainda no primeiro pavimento encontramos a garagem, um ambiente onde a inexistência de forro nos dá a visão direta da cobertura em telhas de fibrocimento e das grandes treliças de madeira, com caimento perpendicular ao resto da construação. Conectada diretamente a esta ficam a copa e cozinha, que também possuem acesso a parte de serviço do segundo pavimento.

A escada que conecta os pavimentos é engastada em uma parede de blocos de pedra que delimita todo o pavimento junto a curva de nível, e é revestida em madeira, chegando a um hall que distribui a circulação para a área intima e de serviço. A esquerda de quem sobe temos as dependências de empregados e um grande pátio de serviço. Enclausurado com tijolos maciços, sua disposição  faz crer ao visitante que foram utilizados cobogós no fechamento do mesmo. O mesmo tipo de solução pode ser visto no pátio junto ao corredor da área intima, que ocorre a direita de quem sobe. Esta é formada por quatro quartos e duas suítes, possuindo vista para os jardins da residência.

Os pátios, como o já citado junto ao corredor da área intima, é uma das peculiaridades presente neste projeto Estes criam pequenos refúgios na casa, e ampliam ainda mais a incidência de luz natural ao longo do projeto. Afora o pátio de serviço e o junto aos quartos, temos ainda um junto a sala de estar, com uma pequena cascata artificial e outro junto a escada que conecta os pavimentos.

Visitar a residência hoje nos leva quase que a seu momento original. Poucos pontos sofreram alteração, tal como a cozinha que teve que se adequar a modernização do equipamento, e a conservação da residência, apesar de complexa como quase todo projeto modernista, se mostra muito satisfatória.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress Anti-Spam by WP-SpamShield